Reunidos com o ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, representantes da União Geral dos Trabalhadores (UGT) fizeram um apelo para que o Palácio do Planalto não envie a proposta de reforma da Previdência ao Congresso Nacional antes de dialogar com as centrais sindicais. No início do mês, o presidente Michel Temer prometeu apresentar o projeto antes das eleições municipais, que ocor...
A intenção de passar o rolo compressor sobre os direitos trabalhistas ficou evidente diante das palavras do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que está ocupando interinamente a presidência da República. Rodrigo, ao desautorizar o Ministro Ronaldo Nogueira, em relação a proposta de reforma trabalhista, falou como presidente em exercício e deixou claro que as forças do atraso não querem dar tempo ao necessário diálogo com o movimento sindical. Até agora, as reformas anunciadas, têm como principal alvo a retirada de direitos do trabalhador. A luz ...
O Sindicato dos Empregados em Clubes e Federações Esportivas do Rio Grande do Sul - SECEFERGS renovou o Acordo Coletivo de Trabalho com o S.C. Internacional, em ato realizado em 21/09, nas dependências do salão do Conselho Deliberativo do estádio Gigante da Beira-Rio. O acordo, retroativo a 2 de maio de 2016, concede reajuste salarial de 10,5% para todos os trabalhadores do clube. O entendimento entre as duas instituições, ainda garante a concessão de oito cestas básicas para os  trabalhadores do clube que recebem até o piso II (R$ 1,5 mil) e seis cestas básicas p...


Terceirização mobiliza ação da UGT no MTb e no Senado
Uma agenda de encontros mobilizou a atuação da UGT, em 14/09, face ao tema de terceirização, que preocupa o sindicalismo, junto às mudanças anunciadas pelo governo e outras, que já passam a vigorar, como a restrição ao acesso ao auxílio doença e a pedidos de aposentadoria por invalidez. Na parte da manhã, o presidente nacional da UGT, Ricardo Patah, e o secretário nacional de Relações Institucionais da Central, Miguel Salaberry Filho, participaram de reunião com o Ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, com representantes das centrais sindicais. Entre as principais deliberações, a formaçã...

Reformas já!
Carta aberta ao excelentíssimo presidente da República, Michel Temer Senhor presidente Michel Temer, O Brasil está paralisado e o tempo joga contra aqueles que vivem da produção e do trabalho. As reformas são urgentes, entre elas está a Reforma do Estado Brasileiro que, atualmente, é um verdadeiro inimigo que assombra os trabalhadores e as empresas. Não existe arrecadação capaz de saciá-lo. Impostos sem fim são sempre insuficientes porque o Estado, com sua incompetência, quer sempre mais. Para o equilíbrio das contas públicas e o retorno efetivo do crescimento, é preciso cortar muito mais ...